Mãe.

Mãe, difícil definir essa palavra, mas ela sempre me remete a amor, à segurança, sensibilidade, porém força. Apesar de não ser mãe, acredito que a maternidade seja a experiência mais incrível na vida de uma mulher. Já ouvi mulheres arrependidas de muitas coisas, mas até hoje não conheci  nenhuma mulher arrependida de ser mãe.

Existem vários tipos de mãe – apesar de insistirmos em dizer que mãe é tudo igual, só muda de endereço – há aquelas que escolheram ser mães, há aquelas que foram surpreendidas com uma gravidez indesejada não esperada, mas mães, são heroínas a partir do momento em que corajosamente assumem e decidem ser mães. Ser mãe é uma escolha. Minha mãe poderia me maltratar, me abandonar, mas eu ainda a amaria, porque escolheu me dar à luz.

Mãe, obrigada por suportar, por estar presente sempre que precisei, por ensinar a viver, por se doar, por se sacrificar, por abrir mão do seu corpo para me gerar, por me amar mesmo quando estou com raiva, por acreditar, por me perdoar pelos mesmos erros, por acreditar em mim quando eu mesma deixo de acreditar. Obrigada por ser minha mãe, eterna e única.

FELIZ DIA DAS MÃES.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s