uma gota d’água. um grão de areia.

Quem sou eu. após  18 anos de vida ainda não definir, talvez daqui há 20 anos continue não sabendo.

Sou um menina se tornando mulher, que ainda gosta de colo de pai, carinho de mãe,  abraço de irmão. Que é ciumenta mas não admite. insegura em relação às suas escolhas. tímida ao falar em público. tagarela na roda de amigos. apaixonada por livros. movida à música. distraída ao ponto de ser desastrada. graciosa quando quer. educada com os mais velhos. fiel aos amigos . Dedicada a Deus. que anda de mãos dadas com o pai no meio da rua sem vergonha nenhuma. que acredita em contos de fadas com príncipes que abrem a porta do carro e te levam pra viver num reino encantado.  que transforma o teto estrelado de seu quarto numa tela, onde o filme é a vida que sonha viver. onde será uma mãe perfeita.

uma mulher que se sente insegura em relação ao corpo. que tem medo de morrer sem ter feito algo importante pela humanidade.  que tem medo e crescer e se esquecer do quanto é divertido ser criança.  que tem um caderno de poesias.outro com receitas que pretende cozinhar para o marido. uma garota à moda antiga. que ama o silêncio. cheia de curiosidade infantil. cujas ideias fluem debaixo do chuveiro. que fala sem parar quando está nervosa.

que sonha com um mundo melhor. e acredita que com lápis e papel nas mãos será capaz de mudar o mundo.

87957186